Menu
Rua Otto Benack, 300 - Sala 2
Bom Retiro - Joinville / SC Ver No Mapa
PLUGGED • 07/04 • Redes Sociais

Gerenciar crises: as 7 estratégias de La Casa de Papel

Por
Gislaine Xavier

Em meio a pandemia do novo coronavírus, que faz com que um terço da população mundial esteja em casa, buscando atividades para preencher as horas de quarentena, a série da Netflix, La Casa de Papel, que já havia registrado recorde de visualizações, lançou sua 4ª temporada. Sorte ou estratégia? Porque convenhamos, o que não falta nessa série é estratégia em meio a muitos momentos de tensão. Por isso, nós não só assistimos como observamos as 7 estratégias de La Casa de Papel para gerenciar crises e queremos compartilhar com você.

O comércio está de portas fechadas, parques e praças estão vazios e as empresas que seguem suas atividades presenciais precisam estar em conformidade com a legislação vigente específica para o COVID-19. Até quando, o que vai ser da economia, o que é verdade e o que não é? Uma situação sem precedentes no mundo, em que a única certeza é: diante de qualquer crise é preciso ter estratégias. Já que o momento é propício, pegue papel e caneta que aula vai começar, mas sem o “professor”.

Ah, recomendamos que se você ainda não assistiu aos novos episódios, continue a leitura mais tarde, porque vai ter spoiler. 

1- Planejamento

Antes de planejar é preciso ter clareza, para definir todas as etapas, metas e objetivos. A partir do momento que isso está estabelecido, as chances de acertar aumentam bastante. Na série, todos ali conheciam o qual era o plano, sabiam o era para ser feito, como era para ser feito e quando ser feito, tudo estrategicamente pensado.

Trazendo para a realidade da sua empresa. Se você não tem um plano estratégico de comunicação, ainda dá tempo de fazê-lo e nós podemos ajudar nisso. A comunicação deve engajar colaboradores, clientes e outros stakeholders essenciais, para evitar a paralisia completa diante da ameaça do COVID-19 ou de qualquer outra situação de crise.

2- Antecipação

A partir do momento que você estuda todas as variáveis, ou seja, desenvolve fluxos sobre acontecimentos, você antecipa problemas e então pode solucioná-los. Foi antecipando a reação do professor que a inspetora ficou um passo à frente dele em uma das cenas e o recurso que ela usou foi a audição: "Finja que a executou, ele estará ouvindo."


O que fazemos com o que ouvimos pode nos levantar ou derrubar. O professor acreditou no que ouviu e além de sofrer levou a informação adiante, abalando todo o grupo.

É importante mapear os públicos essenciais ao funcionamento da empresa e estabelecer canais ágeis de comunicação. A organização precisa ter ou criar seus próprios canais de informação, tornando-se fonte de informação direta para colaboradores e clientes, evitando assim que boatos e fakenews afetem seus negócios. Porque o que as pessoas ouvem, não é somente o que elas irão lembrar, mas é o que elas também irão repetir.

3- Liderança preparada

  • “Por que ele tem que estar no comando? 
  • Porque isto foi planejado há muito tempo. Palermo está comigo desde o começo, tem todo o plano na sua cabeça. 
  • Estou propondo um trio, Palermo faz estimativas e os cálculos, você faz a estratégia, mas eu sou a melhor líder que podes ter lá dentro. Porque quando as coisas se complicam, eu reajo. Isso não se aprende, nasce com a pessoa.”

Essa conversa, na trama, faz a estratégia dar certo mesmo em momentos de turbulências dentro do banco, pois quando um líder se desestrutura o outro aguenta as pontas.

Para apoiar a empresa no restabelecimento dos negócios é preciso ter claro que se o mundo mudou, certamente as pessoas e as relações nesse novo cenário terão mudado. Nesse momento, a liderança deve adotar um tom de otimismo, mostrando-se capaz de reerguer os negócios, retomar as atividades e superar os desafios.

4- Equipe complementar

Na série, enquanto a equipe que foi montada pelo “professor” executa o assalto, ele surpreende com a estratégia de recrutar novas pessoas do lado de fora para alcançar  o seu objetivo. Naturalmente, quando falamos de pessoas, existem algumas que acabam despontando com o seu comportamento e isso é um dos pontos de tensão em La Casa de Papel.

Na empresa, quando você une pessoas com características e competências diferentes, você tem uma capacitação maior para realizar um trabalho de qualidade. Então busque parcerias que complementam suas habilidades e não que façam exatamente o que você já faz. 

5- Conhecer bem os adversários (seus concorrentes)

O professor conhece muito bem o banco e os seus seguranças, por isso encontra a sala de comando onde um segurança conseguiu prender um dos assaltantes. Conhece também o perfil do segurança e por isso sabe do que ele é capaz, entende o que se passa na cabeça dele e por isso pode neutralizá-lo. 

Essa é uma premissa importante no mundo corporativo. Se você conhece seus concorrentes, saberá o que eles fazem e saberá como se diferenciar deles para o seu público, inclusive em um momento de crise. 

6- Desenvolvimento de novas competências

Uma das cenas mais desafiadoras foi quando os assaltantes precisaram colocar em prática conhecimentos de saúde. De médicos eles não tinham nada, mas tiveram disposição em aprender e diante da necessidade não hesitaram. 

Conhecimento nunca é demais, principalmente em um momento de crise onde é preciso reinventar a forma de fazer seu negócio gerar resultados e visibilidade para sua marca. 

7- Inteligência Emocional

Perder uma pessoa desestabiliza qualquer um e até o professor em determinada cena quase agiu por impulso, mas o que ele fez? Esvaziou a cabeça e quando conseguiu se recompor seguiu em frente agindo com cautela e inteligência.

Inteligência emocional é uma competência muito valorizada pelo mercado atual, pois o profissional que tem esse domínio consegue ter foco mesmo nos cenários de crise e têm habilidade para lidar bem com a frustração. 

E por falar em emoção, o que será dos fãs até a próxima temporada? Não sabemos responder, mas sabemos que a sua empresa pode ser muito bem preparada, ainda mais se contar com a nossa parceria no Marketing Digital. Vamos pensar juntos na melhor estratégia para o seu negócio?

Compartilhe este post:
Vamos Começar um Orçamento? Como Podemos Ajudar?