Menu
Rua Otto Benack, 300 - Sala 2
Bom Retiro - Joinville / SC Ver No Mapa
PLUGGED • 24/10 • E-Commerce

Conheça o Social Commerce e seus principais recursos

Por
Mayara Pabst

Você já ouviu falar em Social Commerce? O cenário da transformação digital vem transformando também a área de marketing e vendas em empresas pelo mundo inteiro. As redes sociais tornaram-se palco de vozes, ideias e valores e estão mudando, definitivamente, a relação entre marcas e consumidores. Neste contexto surge uma nova estratégia, que chega para aproximar sua empresa do seu público alvo. Conheça o Social Commerce e descubra como sua empresa pode começar a vender mais.

O que é Social Commerce?

O Social Commerce é caracterizado pela venda de produtos nas redes sociais. Diferente de estratégias de marketing digital que direcionam o usuário para um e-commerce, nesta versão a conversão acontece na própria rede social ou a apenas um clique dela, o que torna o processo de compra muito mais prático para o consumidor.

Neste cenário, as comunidades digitais estão no centro de uma transformação que caminha a passos rápidos. O crescimento de plataformas como o Facebook, Instagram e Twitter acontece de forma exponencial e junto dele surgem também novas oportunidades. De acordo com o Instagram, 60% dos seus usuários encontram novos produtos interessantes na plataforma. Por que não disponibilizá-los para venda?

Principais recursos do Social Commerce

Além de utilizar as redes sociais como uma vitrine global, várias marcas estão explorando recursos do Social Commerce para tornar a experiência do usuário a melhor e mais prática possível. Conheça alguns destes caminhos.

Facebook Shop

A opção de criar uma loja no Facebook pode ser vantajosa por diversas razões. A primeira delas é o preço, muito mais acessível se comparado à criação de uma plataforma e-commerce. A divulgação da loja acontece de forma integrada à rede social e a proximidade da conversão é muito maior. 

Além disso, a plataforma não cobra taxas por vendas e o seu desempenho na loja pode ser facilmente integrado com métricas de desempenho da própria rede social. 

Instagram Shopping

O Instagram permite que marcas montem pequenas vitrines de  produtos nos próprios posts que aparecem no feed. Em cada postagem podem ser marcados até cinco itens, com suas respectivas descrições e preço. Ao clicar na tag do produto, o usuário consegue visualizá-lo individualmente e pode ser direcionado para uma página de compra. Um caminho muito mais curto do que acessar o link na descrição da bio na página.

Product Pins

Similar à estratégia adotada pelo Instagram, o Pinterest criou a funcionalidade de “pins de produto”, que direcionam o usuário à página de checkout do determinado item. Esta funcionalidade é uma reformulação de uma estratégia utilizada pela plataforma anteriormente, quando o produto poderia ser comprado sem o usuário nem mesmo deixar o site. Atualmente, a rede acumula cerca de 50 milhões de usuários ativos, ávidos por novidades. 

Influenciadores

O marketing de influência também pode ser utilizado como uma estratégia de Social Commerce. Ao mobilizar uma comunidade e engaja-la em torno de um produto ou serviço, influenciadores tem o poder de vender valor, qualidade e autenticidade. Sua marca terá muito mais chances de alcançar seu público alvo de forma certeira. 

Chatbots

Graças aos chatbots facilmente configuráveis, experiências de compra tornaram-se muito mais rápidas e fáceis para o usuário. Com a utilização de recursos de auto preenchimento e armazenamento de dados, a compra de um produto pode ser efetivada com menos cliques e a porcentagem de conversão é muito maior. 

Interação

Nenhuma outra plataforma de vendas é capaz de criar um vínculo tão próximo com sua comunidade. O fato de a sua marca estar tão próxima ao consumidor permite que você entenda o que ele mais precisa, troque informações e direcione a compra de maneira mais efetiva. Quem não cria uma ligação profunda com as comunidades digitais, corre o sério risco de ser esquecido e a presença de sua empresa nas redes sociais permite tal conexão.

Retenção de clientes

A interação leva a um relacionamento autêntico entre marca e consumidor. Além de se fazer presente, ao utilizar estratégias de Social Commerce sua empresa pode se aproximar do usuário por meio de ofertas, descontos, brindes, eventos e compartilhamento de histórias.

Social Commerce na prática

Empresas que colocam o Social Commerce em prática de forma efetiva reconhecem o valor da criatividade, da amplificação de sua marca, da conexão com sua audiência e de uma boa experiência para o seu usuário. De acordo com pesquisas, 30% de compradores online relatam sua predisposição a comprar em redes sociais, tais como Facebook, Pinterest Instagram, Twitter ou Snapchat.

Para saber por onde começar, é preciso saber onde o seu público está. Portanto, se você não encontra-o no Twitter ou no Pinterest, não necessariamente sua marca precisa estar por lá. Depois deste primeiro passo, é só começar a estudar as ferramentas disponíveis na plataforma escolhida e colocar as estratégias de Social Commerce em prática. Com mais este recurso, o caminho entre o seu consumidor e o produto final ficará muito mais curto.

Compartilhe este post:
Vamos Começar um Orçamento? Como Podemos Ajudar?