Menu
Rua Otto Benack, 300 - Sala 2
Bom Retiro - Joinville / SC Ver No Mapa
PLUGGED • 19/07 • Marketing Digital

Precisamos falar sobre métricas de vaidade

Por
Paula Leão

Aqui na Volts, nossa metodologia de trabalho é totalmente voltada para resultados. Nosso lema diz que “empoderamos nossos clientes com forte orientação por dados”, o que nos conduz a uma análise extremamente analítica e baseada em métricas. É, a gente até achou que ia se livrar dos números e tabelas ao trabalhar com marketing digital, mas parece que não deu muito certo.


Quando é dia de entrega de relatório

 

A questão é que busca desenfreada por dados, resultados e métricas, quando não feita pelo motivo e da maneira correta, pode beirar à obsessão. Não é difícil encontrar por aqui empresas desesperadas para “aumentar o número de curtidas” e com queixas como “meu concorrente tem mais seguidores do que eu”.

O que precisamos entender é que essas questões são importantes, mas não são a única coisa que importa. Conhecidas como métricas de vaidade, incluem dados como número de seguidores, exibições de página, curtidas e outras análises que são satisfatórias ao olhar, mas que não afetam diretamente nas metas de negócios. Esses números oferecem até relatórios positivos, mas nenhum contexto para a tomada de decisões.

Métricas de vaidade são inúteis?

As métricas de vaidade são normalmente gratuitas ou fáceis de serem obtidas quando comparadas a outras métricas valiosas, como o ROI, que exige tempo, qualificação e testes para ser construído. A pressão de mostrar sucesso e bons resultados ao cliente e até para o chefe, faz com que o foco esteja sempre sobre esses dados.


“Tô bombando no Face”

 

Vamos supor que uma loja física com uma Fanpage no Facebook obteve mil curtidas em uma publicação no Facebook. Esse número raramente está relacionado ao número de produtos vendidos fisicamente na loja, porque o engajamento é geralmente irrelevante para o número de vendas. Não existe uma correlação clara entre a métrica e a meta.

Com as métricas de vaidade, podemos entender melhor o comportamento de um público, como se relaciona diante dos conteúdos produzidos, o sentimento ou reconhecimento de marca em um canal específico. Esses dados não são inúteis, só é preciso entender que não estão relacionados com as metas de negócio e, por isso, a estratégia de uma empresa não deve ser baseada apenas nisso.

Quais métricas valem a pena?

A medição e a análise de dados é um desafio constante do Marketing Digital. Seja qual for a sua meta, os resultados esperados só são vistos a médio prazo, por meio de conteúdo eficaz e, claro, pela avaliação de métricas relevantes ao longo do tempo. O imediatismo nos faz tomar decisões apressadas (vide a facilidade que é comprar seguidores no Instagram atualmente, né?)

É por isso que essa análise precisa ser feita por profissionais capacitados e por agências especializadas no segmento. Obter dados sobre taxas de conversão, CLTV (Customer Lifetime Value), CAC (Customer Acquisition Cost) e implementar testes A/B  é um trabalho minucioso e que deve ser feito com cuidado.

Já faz tempo que a análise de dados deixou de ser apenas um diferencial competitivo e tornou-se uma ferramenta crucial para qualquer pequeno, médio ou grande negócio. Como sempre falamos por aqui, “tudo o que pode ser medido, pode ser melhorado”, mas no final, a capacidade de analisar e saber o que é relevante ou não, é o que conta.

Quer saber mais como funciona o trabalho de análise de métricas e dados da Volts? Entre em contato com a gente por aqui!

Compartilhe este post:
Vamos Começar um Orçamento? Como Podemos Ajudar?